Pequim busca voluntários para monitorar Internet

REUTERS

PEQUIM - Pequim recrutará dezenas de milhares de voluntários para monitorar a Internet, informou a mídia estatal nesta sexta-feira. A vigilância da Web ecoa décadas de mobilização de cidadãos mais velhos e outros voluntários no patrulhamento das vizinhanças da cidade.

A medida surge após fabricantes estrangeiras de computadores pedirem à China que reconsidere um plano de requerer a instalação do software de filtragem de conteúdo Green Dam Internet em todos os novos PCs vendidos a partir de 1o de julho.

No começo deste mês, a mídia local relatou que a cidade está desenvolvendo seu próprio software. Assim como o Green Dam, ele foi projetado como um medida contra a pornografia.

Todos os voluntários deverão relatar às autoridades sobre conteúdo 'lascivo' encontrado ou usuários exibindo 'comportamento não-civilizado' na Internet.

- O objetivo é proteger as menores - afirmou uma fonte de sobrenome Zhou da Comissão de Melhoria da Capital. Alguns dos voluntários ficarão em cybercafés para monitorar conteúdo e impedir que menores acessem esses locais.