Cientistas criam macacos com proteína fluorescente verde

Portal Terra

TÓQUIO - Uma equipe de cientistas japoneses conseguiu criar macacos transgênicos portadores da proteína fluorescente verde (GFP, na sigla em inglês), o que permite ver com maior clareza a evolução das doenças no organismo.

Os pesquisadores, dirigidos pela diretora do Instituto de Pesquisa Animal de Kawasaki (Japão), Erika Sasaki, conseguiram criar cinco exemplares de Callithrix pygmaea, a menor espécie de macaco do mundo.

Eles serão usados como modelo para diferentes testes clínicos sobre o mal de Parkinson, a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) ou a doença de Huntington.