Super gripe" mais resistente acende sinal de alerta

Portal Terra

NOVA YORK - Estudos realizados por pesquisadores americanos e holandeses indicaram que um dos subtipos do vírus da gripe se tornou resistente ao tratamento do medicamento mais comum para combatê-lo, o oseltamivir, utilizado geralmente em população de risco, como idosos.

A mutação do vírus, batizada com o código H274Y, é muito mais agressiva do que se pensava, segundo os especialistas. As informações são do Terra Chile. De acordo com a pesquisa holandesa, publicada no Journal of the American Medical Association (JAMA), a resistência do H274Y se expandiu com rapidez de um ano para cá.

Os especialistas alertam sobre o caso dos 100 pacientes e 20 funcionários do Real Hospital Universitário de Liverpool, na Inglaterra, que foram contagiados por esse agente infeccioso, em dezembro passado. Para os pesquisadores, a luta contra a gripe ainda enfrentará muitas surpresas e o certo é que o organismo continuará evoluindo, informou o Jama.