Irã bloqueia sites de apoio a candidato presidencial

Agência AFP

TEERÃ - Não é apenas a China, constantemente noticiada, que controla a liberdade do acesso às informações disponíveis na rede. As autoridades iranianas bloquearam o acesso no país a dois portais da web que apoiam Mohamad Jatami na eleições de 12 de junho, informou neste domingo o jornal diário Sarmayé.

Os sites são o Yarinews, que se define como um portal de informação dos simpatizantes do ex-presidente Jatami, e do Yari, que reúne as mensagens enviadas para apoiar sua candidatura.

As autoridades da República Islâmica 'filtram' diversos portais na web, impedindo o acesso dos internautas do país.

As eleições presidenciais iranianas acontecerão em 12 de junho. O atual presidente, o conservador Mahmud Ahmadinejad, foi eleito em 2005, após Jatami ter governado o país entre 1997 y 2005.