Degelo na Antártida inundaria Washington e NY, diz estudo

Portal Terra

NOVA YORK - O aquecimento global pode derreter o manto de gelo da região ocidental da Antártida que seria capaz de causar grandes inundações em cidades como Washington e Nova York e na costa da Califórnia, informa um estudo publicado na revista científica Science.

Os efeitos aumentariam o nível do mar entre seis e sete metros, atingindo também as nações do oceano Índico, além da costa da América do Norte, avaliou o artigo. As informações são do Terra Espanha.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores fizeram cálculos para converter o volume total da placa de gelo em água, supondo que a distribuição fosse igual em todo o planeta. Segundo os cientistas, a estimativa é "muito simplificada" e não leva em conta outros efeitos fundamentais que influenciariam na elevação do nível do mar.

Em primeiro lugar, quando o manto de gelo se derrete, perde a força gravitacional no oceano e provoca o espalhamento da água.

- Se o gelo da Antártida Ocidental se fundir, reduzirá o nível do mar nos arredores do continente antártico, aumentando muito mais a quantidade estimada no hemisfério norte - explicou o artigo.

O desaparecimento total da camada de gelo também resultaria na mudança do eixo de rotação da Terra de 500 m em relação à posição atual. De acordo com o estudo, a variação produziria um movimento dos oceanos Atlântico e Pacífico desde o sul até o norte, levando uma grande quantidade de água a afetar a América do Norte e o oceano Índico, principalmente Washington, Nova York e a costa da Califórnia.

- O trabalho demonstra que a elevação do nível do mar registrada em muitas zonas costeiras povoadas seria muito maior que uma simples distribuição estimada de degelo uniforme - completou o artigo

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais