Peixe de estimação sobrevive 21 horas fora d'água

Portal Terra

LONDRES - Um peixe-dourado (Carassius auratus), espécie mais popular entre os peixes domésticos, conseguiu sobreviver por cerca de 21 horas fora do seu aquário em uma casa de Gloucester, no sudoeste da Inglaterra. Por causas desconhecidas, Ginger foi parar no chão atrás de uma cômoda, onde teria permanecido das 23h de sábado às 20h deste domingo. As informações são do The Sun.

O animal havia sido visto pela última vez dentro do aquário às 23h de sábado. A proprietária, Barbara Woodward, disse que antes de sair para trabalhar no domingo, às 7h, ela encontrou Ginger debaixo da cômoda. Como não podia mover o móvel pesado sozinha e o peixe aparentava estar morto, Barbara resolveu deixá-lo.

No entanto, quando retornou do trabalho às 20h do mesmo dia, o pequeno animal ainda estava vivo e se mexendo.

- Eu não consigo acreditar. Ele parecia morto e eu planejava enterrá-lo. É um milagre de Natal - desabafou ao The Sun. Ginger é o xodó de Barbara, 61 anos, e seu marido Alan, 62.

Um veterinário local explicou que as espécies domesticadas de peixe são mais frágeis e geralmente morrem em poucos minutos sem água, essencial para sua respiração.