YouTube quer mais classe, menos sexo

JB Online

SÃO FRANCISCO - O Youtube está determinado a mudar sua imagem, prometendo menos sexo e mais sinfonia. A nova orquestra sinfónica do YouTube oferecerá uma oportunidade para músicos clássicos se apresentarem em uma orquestra online com alguns dos maiores nomes da indústria.

O site de vídeos também promete tentar manter conteúdo pornográfico fora de suas páginas, ou pelo menos torná-lo mais difícil de acessar.

Apresentado como o primeira orquestra formada através de colaboração online, o programa promete "mudar a forma em que músicos conectam com a internet"

YouTube está convidando músicos a enviarem cds em que apresentam duas músicas: a "Internet Symphony" do compositor chinês Tan Dun e uma segunda música de sua escolha. Os compositores que vencerem a competição trabalharão com Dun e o maestro da orquestra sinfônica de São Francisco para preparar uma performance no Carnegie Hall, que será exibida no YouTube.

Cds serão aceitos até 28 de janeiro.

Os ganhadores passarão três dias numa conferência patrocinada pelo YouTube em Nova York, que culminará com a performance no Carnegie Hall.

Para se livrar da pornografia, o YouTube também anunciou planos para mudar sua política de conteúdo considerado "adulto" imediatamente.

As mudanças aplicarão uma definição mais estreita de "conteúdo sexual" que incluirá qualquer vídeo onde pessoas estão vestidas com pouca roupa.