Sony Ericsson tem prejuízo menor que o esperado no 3o trimestre

REUTERS

ESTOCOLMO - A fabricante de celulares Sony Ericsson registrou prejuízo menor que o esperado no terceiro trimestre e informou que os cortes de custo estão caminhando de acordo com o planejado, mas analistas avaliaram que a perspectiva para a companhia ainda é frágil.

A quinta maior fabricante mundial de aparelhos celulares, que está sofrendo com os efeitos da crise econômica sobre o humor dos consumidores, teve prejuízo de 23 milhões de euros (31 milhões de dólares) no trimestre. A cifra inclui 35 milhões de euros em encargos de reestruturação.

A Sony Ericsson, pertencente à Ericsson e à Sony, afirmou que as condições do mercado continuam desafiadoras.A previsão era que a companhia tivesse prejuízo antes de impostos de 72 milhões de euros.

- No geral, o relatório foi marginalmente melhor que o esperado, após vários trimestres de decepção. A perspectiva para a Sony Ericsson continua incerta - disse Greger Johansson, analista da Redeye.

A companhia, que já divulgou dois alertas de resultados este ano, tem como objetivo cortar 300 milhões de euros em despesas operacionais, com efeito completo na segunda metade de 2009.

- Esses planos estão caminhando em linha com as expectativas - disse o presidente da companhia, Dick Komiyama, em comunicado.

A Sony Ericsson informou que embarcou 25,7 milhões de unidades no terceiro trimestre. Baseado nos resultados do segundo trimestre de outras grandes fabricantes de celulares, a Sony Ericsson continuaria em quinto lugar.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais