Açaí retarda o envelhecimento

Cecilia Minner, JB Online

RIO - Os antioxidantes (antocianinas e vitamina C) encontrados no açaí podem contribuir para a prevenção de câncer, de problemas cardiovasculares e do envelhecimento precoce. Desde 2001, a fruta é alvo de estudos americanos, mas só agora os cientistas conseguiram comprovar os efeitos saudáveis do alimento, cujos componentes são absorvidos facilmente pelo organismo humano.

A pesquisa desenvolvida pela Universidade Texas A&M mostrou que o fruto da palmeira Euterpe oleracea faz jus ao apelido que recebeu dos americanos: "superfruta".

"O açaí é o alimento mais rico em antioxidantes. Ajuda a desacelerar o envelhecimento da pele, do cérebro e do coração. É rico também em ácidos graxos, como ômega 6 e 9, que são raríssimos em frutas, então é excelente para reduzir o colesterol e a pressão sanguínea", explica a nutricionista Carla Noce. "A fruta é ideal também para curar ressaca. Mas é preciso cautela pois é extremamente calórica".

Pela função benéfica no combate à pressão alta e ao colesterol, o açaí foi incluído na categoria de alimento funcional, ou seja, com ação terapêutica. Publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, o estudo envolveu 12 voluntários, que consumiram açaí em polpa e na forma de suco, esta última contendo metade da concentração de antocianinas pigmentos que dão cor às frutas do que a versão em polpa. Os dois alimentos foram comparados com sucos sem propriedades antioxidantes.

As amostras de sangue e urina dos participantes foram tomadas 12 e 24 horas após o consumo, e analisadas. Segundo os pesquisadores, tanto a polpa como o suco apresentaram absorção significativa de antioxidantes no sangue após terem sido consumidos.

"O açaí tem baixo teor de açúcar e seu sabor é descrito como uma mistura de vinho tinto e chocolate", disse Susanne Talcott, principal autora do estudo, do qual também participaram cientistas das universidades do Tennessee e da Flórida.

Segundo a pesquisadora, trabalhos futuros poderão determinar se a fruta é benéfica para prevenir doenças. O grupo do qual faz parte está estudando a ação do açaí contra células cancerosas.

"Nossa preocupação é que o açaí tem sido vendido como um "super alimento". E ele definitivamente tem atributos notáveis. Mas é perigoso considerá-lo uma solução para todas as doenças.