Erros médicos são tema de forum no Rio

Agência Brasil

RIO - O Instituto Nacional do Câncer promove nesta sexta-feira o 1° Forum de Erros em Medicina. O objetivo do encontro é criar medidas preventivas e discutir os erros em medicina, suas causas e conseqüências.

Esse tipo de ocorrência com pacientes internados varia de 2,9% a 16%, de acordo com cada país, de 2,9% a 16%. Estudo realizado em três hospitais de ensino no Rio de Janeiro detectou uma incidência de 7,6% de erros médicos, a maioria dos quais poderia ter sido evitada.

O estudo desenvolvido pelo sanitarista Walter Mendes, pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, já foi publicado em revista internacional, e conclui que o percentual de erros no Brasil é similar ao encontrado em estudos internacionais.