Educação no Brasil entra definitivamente na era da informática

JB Online

BRASÍLIA - O ministro das Comunicações, Hélio Costa, anunciou que todas as escolas públicas federais, estaduais e municipais do país serão informatizadas até em 2018. A primeira etapa será concluída, no máximo, em três anos com a conexão de alta velocidade nas 55 mil escolas urbanas, atingindo cerca de 70% dos estudantes da rede pública. A declaração foi dada durante a conferência "Conexão com o Futuro", realizada nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro.

- Hoje há 18 mil escolas públicas brasileiras com internet banda larga. Em dois anos, o número subirá para 55 mil e, em 10 anos, para 142 mil - afirmou Hélio Costa, durante o evento.

Segundo ele, além de as empresas de telefonia fixa pagarem a conexão até 2025 e levar toda a infra-estrutura, as operadoras de celular também ajudarão a alcançar a meta de conectividade.

Durante a sua palestra, Hélio Costa salientou que, depois da chegada da TV digital no país, o maior desafio do ministério é investir em diferentes formatos de banda larga para aperfeiçoamento do ensino informatizado.

- O futuro é sem fio. A banda larga nas escolas é a resposta para o avanço na educação e na comunicação. A verdadeira universalização acontecerá agora - disse o ministro para os participantes do evento.