Doenças respiratórias são alvo de estudo

JB Online

BRASIL - Pesquisadores da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul, investigaram as relações entre as hospitalizações por asma, bronquite e pneumonia na infância e na vida adulta com o mês de nascimento e as mudanças climáticas.

Foram investigados 5.917 nascidos em 1982 em três hospitais da região urbana de Pelotas, dos quais 77% foram acompanhados até a idade adulta (23 e 24 anos). O estudo foi publicado em edição da revista de maio da Cadernos de Saúde Pública da Fiocruz.

Entre algumas conclusões, a pesquisa apontou uma maior incidência de hospitalizações por pneumonia até os 2 anos de idade e por asma/bronquite aos 4 anos entre crianças nascidas nos meses anteriores ao inverno (de abril a junho).

Além disso, os bebês que viveram os seus seis primeiros meses de vida expostos ao frio apresentaram risco de hospitalizações por essas doenças respiratórias de até 3,16 vezes maiores.