Sábado da Ciência vai comemorar o Dia Nacional da Matemática

JB Online

RIO DE JANEIRO - O Brasil, desde 2004, comemora a matemática não celebrando suas constantes, fórmulas ou descobertas, mas homenageando um de seus professores que mais lutou para modificar e trazer o ensino da matemática para o século XX o Professor Júlio César de Mello e Souza, conhecido internacionalmente como o escritor Malba Tahan.

A lei aprovada em 2004 foi uma resposta aos anseios da Sociedade Brasileira de Educação Matemática de oficializar no país, uma data que já vinha sendo comemorada por alguns estados: a data do aniversário de nascimento de Malba Tahan: 6 de maio.

MALBA TAHAN, pseudônimo de Júlio César de Mello e Souza, nasceu no dia 6 de maio de 1895, na cidade do Rio de Janeiro, tendo falecido em 1974, aos 79 anos de idade.

Além de grande mestre e educador, o Prof. Mello e Souza tinha uma incrível habilidade literária, escrevendo um dos best-sellers do século XX, o livro O Homem Que Calculava, divulgando, educando e encantando as gerações seguintes com seus incríveis e misteriosos contos matemáticos das Mil e Uma Noites.

A lei aprovada, justifica a importância da comemoração nos seguintes termos:

Devemos aproveitar esta data para divulgar a Matemática como parte do patrimônio cultural e científico da humanidade, mostrando como a Matemática vem sendo criada pelas necessidades sociais ao criarem novas situações e novos problemas a serem resolvidos e pelo desejo e vontade de superar desafios, descobrir novas relações na eterna brincadeira do ser humano de construir e utilizar novos conhecimentos.

Com a instituição do Dia Nacional da Matemática pretende-se, também, incentivar os nossos estudantes e professores a que cultivem o saber e a cultura, a matemática em particular. Nesse sentido, é bom lembrar que a matemática é a ciência por excelência, pois que preside a todas as outras; além disso, é ferramenta essencial no desenvolvimento da lógica e da arte de pensar, para não falar da enorme influência na vida diária, nos campos aplicados, como as engenharias e a medicina, e até mesmo nas artes, de que são bons exemplos a música, o desenho, a pintura e a arquitetura.

Assim, o Dia Nacional da Matemática será, certamente, uma data de reflexão e mobilização em torno da educação e da cultura, da matemática de modo particular, que, espera-se, contará com a participação das escolas e universidades, das secretarias de educação e cultura e de toda a sociedade, com a colaboração de entidades educacionais e científicas, como a Sociedade Brasileira de Educação Matemática.

O Espaço Ciência Viva, na Tijuca, vai comemorar o Dia Nacional da Matemática com atividades no museu.

SERVIÇO

Espaço Ciência Viva

Av. Heitor Beltrão, 321 - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - 20550-000 -

Tel. / Fax: (21) 2204-0599

Marcação de visitas por telefone ou e-mail: [email protected]

Internet: www.cienciaviva.org.br

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais