Novo tratamento imunológico controla HIV, mostra estudo

REUTERS

AUSTRÁLIA - Um novo tratamento que treina as células do sistema imunológico para reconhecer o vírus da Aids pode ajudar a controlar a doença, disseram pesquisadores australianos nesta sexta-feira.

Testes em macacos contaminados com um vírus semelhante ao HIV mostraram que o tratamento controlou a infecção, mesmo sem curá-la. Já há testes programados em seres humanos.

Trata-se de uma técnica de imunoterapia, ou vacina terapêutica, segundo o artigo de Stephen Kent, da Universidade de Melbourne, e seus colegas na revista PLoS Pathogens, da Biblioteca Pública de Ciências dos EUA.

De acordo com eles, o tratamento consiste em misturar as células do próprio sangue do paciente com pequenos pedaços da proteína do vírus. Essas células são em seguidas injetadas novamente no sangue do paciente.

- Os níveis do vírus em macacos vacinados eram dez vezes menores do que nos controles, e isso foi durável ao longo de mais de um ano depois das vacinações iniciais - escreveram.

- A imunoterapia resultou em menos mortes provocadas pela Aids. Concluímos que se trata de uma promissora técnica de imunoterapia. Testes da terapia em humanos infectados pelo HIV estão planejados -explicou.

O HIV afeta mais de 33 milhões de pessoas no mundo e já matou 25 milhões desde que o vírus foi identificado, na década de 1980.