Conselho Nacional de Saúde apóia pesquisas com células-tronco no país

JB Online

BRASÍLIA - O Conselho Nacional de Saúde (CNS) vai apoiar as pesquisas sobre células-tronco embrionárias. A decisão, tomada nesta quinta-feira, foi quase unânime entre os 48 conselheiros. O voto contra ficou por conta da representante da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Zilda Arns.

Aprovado pelo Conselho, a resolução segue para o Supremo Tribunal Federal (STF), que vai julgar a ação contrária a aprovação das pesquisas com células-tronco, de autoria do ex-procurador-geral da República, Cláudio Fonteles.

O julgamento foi interrompido no dia 5 de março - devido ao pedido do ministro Carlos Alberto Menezes Direito, que alegou precisar de mais tempo para analisar o caso - e não tem previsão de quando será retomado.