Israelense resolve problema matemático de 40 anos

Agência EFE

JERUSALÉM - Um israelense de origem russa resolveu um problema matemático que estava sem solução desde que foi lançado, há quase 40 anos. O autor da façanha é Avraham Trakhtman, 63 anos, que imigrou nos anos 70 a Israel vindo da região dos Urais.

Munido apenas de lápis, papel e, claro, seu cérebro, Trakhtman resolveu o "Problema da Rota Colorida", que permanecia sem solução desde que foi criado em 1970 por uma equipe de matemáticos dirigida pelo professor Binyamin Weiss.

Embora tenha várias versões, a formulação mais simples do problema é a seguinte: como alguém que chega pela primeira vez a uma cidade cujas ruas não têm nome pode encontrar uma casa apenas com indicações de "agora à esquerda e agora à direita?".

A resposta de Trakhtman ao enigma será publicada em breve pelo Jornal Israelense de Matemática, mas já começou a circular entre a imprensa especializada.

Um dos que já conhece a solução é o matemático Stuart Margolis, professor da Universidade Bar-Ilan, que qualificou a resposta de "brilhante, fruto de um cérebro privilegiado", e destacou que seu autor tem uma personalidade "extremamente tímida e modesta".