Astronautas farão hoje último passeio espacial

Agência EFE

MOSCOU - Dois dos tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS) farão nesta quarta-feira uma última saída da plataforma antes da chegada da nave americana Atlantis, prevista para 7 de fevereiro.

A comandante da estação, o americano Peggy Whitson, e o engenheiro de vôo Daniel Tani iniciarão por volta das 8h20 (em Brasília) sua missão, que durará seis horas e meia, informaram fontes da Nasa na Rússia.

O objetivo é reparar a falha existente no sistema motorizado de orientação das baterias solares, que são as que geram a energia elétrica de que a plataforma espacial necessita para seu funcionamento.

O sistema orienta as baterias segundo a rotação do sol a fim de que estas recebam a maior quantidade de raios solares possível.

Segundo a Nasa, o trabalho de reparação e limpeza do motor levará quatro horas.

A princípio, o problema não é grave, mas para receber a nave americana a ISS precisa de toda a energia que possa gerar.

O terceiro tripulante da ISS, o russo Yuri Malenchenko, ajudará seus companheiros americanos do interior da plataforma.

A caminhada é considerada mais arriscada que o habitual devido ao risco de que um dos astronautas receba um choque ao desligar os cabos elétricos e a possibilidade de que alguns dos painéis solares se solte acidentalmente.

Há poucos dias a ISS elevou sua órbita em 5,25 quilômetros para facilitar o acoplamento do Atlantis.

No final de novembro e meados de dezembro, os americanos Whitson e Tani fizeram caminhadas espaciais para preparar a chegada do ônibus espacial.

A Atlantis transportará à ISS o laboratório Columbus, a principal contribuição da Agência Espacial Européia (ESA) à plataforma.

Os sete tripulantes da Atlantis, cinco americanos, um alemão e um francês, farão três caminhadas durante sua missão de onze dias.

Em fevereiro também está prevista a chegada à ISS de uma nova nave de carga russa Progress e do primeiro cargueiro automático europeu Julio Verne, que no futuro substituirá os russos nos trabalhos de abastecimento do engenho espacial.

O lançamento da Progress será realizado em 25 de fevereiro, da Guiana Francesa.