Aliar consumo de bebidas e exercícios pode fazer bem para a saúde

JB Online

COPENHAGEN - Uma rotina que alia o consumo moderado de bebidas alcóolicas e a prática de exercícios pode ser mais benéfico para a saúde do que seguir apenas uma dessas duas atividades, diz pesquisa dinamarquesa.

Pessoas que não bebem nem se dedicam a esportes teriam chances de ter problemas cardíacos elevadas entre 30% a 49%, se comparadas aos que praticam ambas as atividades.

- A principal descoberta parece ser o benefício adicional que um ou dois drinques por dia somados a exercícios físicos trazem ao organismo - disse Morten Gronbaek, da University of Southern Denmark, um dos líderes do estudo, publicado no European Heart Journal.

Outros trabalhos já haviam ligado a moderação na bebida com uma menor chance de se obter problemas cardíacos e certos tipos de câncer. O estudo dinamarquês, um dos maiores já realizados para esta finalidade, descobriu que o organismo ganha ainda mais proteção se a bebida for combinada com exercícios físicos.

Os pesquisadores coletaram informações de 12 mil homens e mulheres com idades acima de 20 anos durante o período de 1981 a 1983. Nos 20 anos subseqüentes, cerca de 1,2 mil participantes morreram de doenças cardíacas, enquanto cerca de 5,9 mil morreram de outras causas.

Segundo a pesquisa, as pessoas que não beberam tiveram mais chance (de 30% a 31%) de desenvolver problemas no coração quando comparados aos consumidores moderados de álcool, não importando a quantidade de exercício físico praticado por ambos os grupos.

Os abstêmios que se exercitaram reduziram as chances de doenças cardíacas. Mas a principal descoberta, segundo os pesquisadores, foi que os voluntários que tiveram a menor chance de problemas de saúde foram os que estavam fisicamente ativos e eram consumidores de bebidas alcóolicas.