Bill Gates prevê interfaces de computadores mais intuitivas

Agência EFE

WASHINGTON - O fundador da Microsoft, Bill Gates, previu nesta terça-feira para os próximos anos grandes mudanças na forma como as pessoas interagem com os computadores e disse que o mouse e o teclado serão substituídos por tecnologias mais naturais e intuitivas.

Em resposta às questões feitas no site da "BBC", Gates afirmou que cada vez mais ganharão importância as interfaces relacionadas com visão, tato e fala.

- Estamos acrescentando a habilidade de tocar e manipular diretamente, estamos agregando o sentido da visão, de modo que o computador veja o que quem o utiliza está fazendo, mas também adicionamos a fala - ressaltou o fundador da Microsoft à emissora britânica.

Na entrevista, Gates exibiu o computador Microsoft Surface, uma máquina em formato de grande console com uma interface que reage ao toque.

- Em cinco anos, bilhões de pessoas estarão olhando suas fotos, reproduzindo a música que querem ouvir e organizando sua vida através deste tipo de interface multitátil - acrescentou.

Sobre o sucesso do iPhone e do controle do videogame Nintendo Wii, Gates ressaltou a grande popularidade desse tipo de interfaces entre os consumidores.

Ele respondeu ainda a algumas perguntas sobre o sistema operacional Windows Vista, lançado em 2007 e criticado por alguns especialistas.

- Estou muito orgulhoso do Vista. Como ocorre com todos os nossos produtos, é preciso haver pessoas para nos dizerem o que poderíamos ter feito desta ou daquela forma - disse.

Gates afirmou que sua empresa recebeu muitas reações ao software e ressaltou que a Microsoft não deixa de melhorar continuamente seus produtos e, por isso, "haverá uma nova versão" do sistema.