Frio intenso pode aliviar as dores do câncer

Agência EFE

WASHINGTON - Médicos americanos aplicaram com sucesso o método de crioablação para congelar e destruir os tumores próximos dos ossos, para aliviar as dores sintomáticas do câncer, revelou um estudo divulgado pela Sociedade de Radiologia Americana, em Chicago.

- Os pacientes de câncer estão vivendo mais e é preciso controlar a dor durante um período mais prolongado - explicou o radiologista Matthew Callstrom, ao apresentar seu estudo.

Callstrom disse que num estudo com 34 pacientes, 80% experimentaram uma redução considerável das dores com a crioablação. Além disso, o método parece ter detido efeitos muito prolongados e 24 meses depois do tratamento a dor se mantinha num baixo nível.

O método consiste na inserção de um tubo, através de uma incisão de menos de meio centímetro. Através dele, os médicos aplicam um gás especial que transforma o tumor numa bola de gelo. Os pacientes recebem alta 24 horas depois e começam a experimentar um alívio em suas dores dentro de poucos dias ou até quatro semanas depois, explicou Callstrom.