Banco de dados para rastrear problemas na produção agropecuária

Agência Brasil

BRASÍLIA - O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento criou um banco de dados sobre as principais bactérias e microorganismos que podem contaminar os produtos de origem animal e vegetal.

- Nós teremos um censo de todos os microorganismos que serão detectados durante o processo de análise dos alimentos e que funcionará como uma biblioteca a fim de catalogá-los pelo DNA, como se fosse uma impressão digital - explicou a coordenadora de Apoio Laboratorial do ministério, Josinete Barros de Freitas.

Montado por cientistas e técnicos, o banco de dados reunirá informações laboratoriais sobre os alimentos que possibilitarão a identificação do momento em que eles foram contaminados e a origem do problema. Além dos recentes problemas de contaminação de leite, recentemente deputados irlandeses e ingleses do Parlamento Europeu questionaram a qualidade do controle sanitário brasileiro na carne exportada para a Europa.

- Estamos trabalhando com métodos internacionalmente reconhecidos, tanto pela Comunidade Européia quanto pelos Estados Unidos, o que será importante para atingir o mercado - acrescentou Josinete Freitas.