Corpos de casal abraçados há oto mil anos são encontrados

Agência JB

ANKARA - Um casal enterrado abraçado há mais de oito mil anos foi encontrado durante uma escavação arqueológica na província de Diyarbakir, no sudeste da Turquia, segundo informa nesta segunda-feira o jornal 'Radikal'.

Os "namorados mais antigos do mundo", que datam de 6.100 a.C., foram enterrados junto com 22 tumbas do período Neolítico. Com esta descoberta, os arqueólogos turcos superaram o recorde estabelecido no ano passado por uma equipe italiana que encontrou em Verona (norte da Itália) os restos de um casal que viveu há 7 mil anos.

Os esqueletos do casal correspondem a um homem de 30 anos e a uma mulher de 20. Os especialistas investigam a causa da morte deles e acreditam que o modo como estão abraçados corresponde exatamente á posição em que morreram. Há suspeita de crime passional.