Programa Primeiro Emprego renova parceria com Microsoft

Agência JB

BRASÍLIA - O Ministério do Trabalho e Emprego e a Microsoft do Brasil assinaram nesta segunda-feira renovação de acordo de cooperação técnica para atender o Programa Nacional de Estímulo ao Primeiro Emprego para Jovens (PNPE). Com a parceria é possível a capacitação em tecnologia da informação de jovens com idade entre 16 e 24 anos de comunidades carentes para incluí-los no mercado de trabalho.

- A Microsoft] nos ajuda viabilizando a inclusão digital nas comunidades, permitindo que todos os programas de qualificação do ministério tenham acesso à tecnologia de ponta, sem custo nenhum. Para isto, eles estão cedendo esta tecnologia para que possamos colocar todo o sistema deles de informatização, de aprendizado na área de informática, de inclusão digital, gratuitamente nos programas de qualificação do Ministério do Trabalho - disse Lupi.

O presidente da Microsoft Brasil, Michel Levy, disse que o acordo, ao juntar educação e capacitação em tecnologia, cria um movimento virtuoso de inclusão social.

- Temos um compromisso de longo prazo com o Brasil, e vamos apoiar o governo em projetos que beneficiem a população. O mercado de trabalho hoje, no Brasil e no mundo, exige que os profissionais, principalmente os que estão entrando neste mercado, estejam cada vez mais capacitados, aptos a participarem desta sociedade do conhecimento - afirmou.

A Microsoft vai investir R$ 4 milhões para capacitar instrutores em tecnologia da informação, doação de softwares e fornecimento de material didático elaborado para o desenvolvimento de projetos de inclusão digital.

Desenvolvido pela ONG Oxigênio, o projeto consiste na oferta de cursos às organizações não governamentais ligadas ao Programa Primeiro Emprego, integrantes do Consórcio Social da Juventude.

De acordo com a Microsoft, os consórcios qualificaram mais de 80 mil jovens de várias regiões do país desde que foram implementados, em 2003.

(Com Radiobrás)