Lixo eletrônico vira instalação em protesto na Índia

Portal Terra

NOVA DÉLHI - Ativistas do Greenpeace levaram uma instalação feita de peças obsoletas de computadores, monitores e outros equipamentos para a frente do Ministério das Comunicações e Tecnologia da Informação da Índia.

Montada sobre um caminhão, a instalação assinala o protesto contra o desperdício representado pelo lixo eletrônico. Os ambientalistas entregaram ao ministro um relatório sobre o tema intitulado Extended Producer Responsibility in the non-OECD context.

No início deste mês, durante a 40ª Reunião de Ministros de Relações Exteriores da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), o grupo pedira que a Asean passasse da retórica para a ação firme, reduzindo a emissão de gases poluentes na região e começando a trocar os combustíveis fósseis pela energia de fontes renováveis, limpas e eficientes.

A Asean é formada por Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar (Birmânia), Cingapura, Tailândia e Vietnã.