Nasa testa no fundo do mar novos procedimentos para viagens à Lua

Agência EFE

FLÓRIDA - Um laboratório submarino da Nasa (agência espacial americana) desceu nesta segunda-feira ao fundo do mar na costa do estado da Flórida para testar novos conceitos para viagens à Lua e resolver problemas das missões espaciais de longa duração.

O submarino "Aquário", tripulado por três astronautas e um engenheiro aeroespacial, desceu a 20 metros de profundidade sem nenhum problema, segundo Kylie Clem, porta-voz da Nasa no Centro Espacial Johnson em Houston (Texas).

- Tudo funciona bem e a tripulação já está trabalhando na nave batizada com o nome de 'NEEMO 13' (Nasa Extreme Environment Mission Operations 13).

O laboratório ficará submerso até o dia 15, a cerca de cinco quilômetros do litoral de Cayo Largo, na Flórida.

Durante a missão, a tripulação da "NEEMO 13" fará simulações de "caminhadas espaciais" no fundo do mar e testará todos os novos conceitos sobre a futura exploração do satélite natural da Terra, assim como novos equipamentos de navegação e comunicação.

Os integrantes da tripulação do laboratório submarino "Aquário" são os astronautas Nicholas Patrick, Richard Arnold e Satoshi Furukawa, da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão, e o engenheiro de sistemas integrados Christopher Gerty.

- Esta tripulação trabalhará de maneira muito mais independente em relação ao controle da missão que as anteriores - disse Bill Todd, diretor do projeto NEEMO no Centro Espacial Johnson em Houston (Texas).

Durante as "caminhadas lunares", os tripulantes do submarino construirão uma torre de comunicação, praticarão técnicas para recolher amostras lunares e testarão novos modelos de trajes espaciais.

Segundo a Nasa, a tripulação também participará de estudos sobre a fisiologia e analisará o comportamento humano em ambientes extremos.

O "Aquário", semelhante em tamanho aos dormitórios da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), é o único habitat e laboratório submarino permanente, com 15 metros de comprimento e quatro de diâmetro.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais