Primeiro museu universitário do Second Life é inaugurado

Agência ANSA

FLORENÇA - O Museu de História Natural da Universidade de Florença, com o auxílio da Fundação Sistema Toscana, se tornará o primeiro museu universitário do Second Life, o mundo virtual da internet que conta com mais de sete milhões de usuários.

O museu ficará em um dos lugares mais visitados do site, a Ilha Toscana, que possui réplicas virtuais de institutos, entidades e empresas italianas.

No Second Life, haverá as reproduções integrais de todas as exposições do Museu de História Natural, inclusive no dia 29 de junho, acontecerá antecipadamente a mostra Maskio - La Natura dell'Uomo ("Masculino - A Natureza do Homem", em português).

A versão real da exposição acontecerá em janeiro de 2008 no museu.

Maskio mostra a evolução da masculinidade, através da antropologia, dos códigos de linguagem, grafites, da moda, história e publicidade.

As novidades foram apresentadas em Florença pelo presidente do museu, Giovanni Pratesi, pelo designer virtual Giuseppe Nelva, pelo curador Duccio Canestrini, antropólogo e docente da Trento School of Management, e por Paolo Chiappini, diretor da Fundação Sistema Toscana.