Austrália quer 99% de cobertura em banda larga até 2009

Portal Terra

MELBOURNE - O Primeiro Ministro da Austrália, John Howard, anunciou um investimento de 2 bilhões de dólares australianos (aproximadamente US$ 1,68 bilhões) para levar conexão à internet em banda larga ao país inteiro. A infraestrutura permitiria acesso rápido e barato aos cidadãos.

Segundo o jornal 'The Sidney Morning Herald', o plano australiano implementará duas tecnologias diferentes. Nas cidades, o assinante terá um cabo de fibra ótica chegando até sua casa, o que permitiria velocidades bastante altas. Na zona rural, entretanto, o alto custo dos cabos enterrados fez com que o governo decidisse pela implementação de acesso por Wi-Fi, com velocidade de 12 Mbit/s. O primeiro ministro foi criticado pelos partidos de oposição por considerar que a solução "rebaixa" os habitantes do interior do país a cidadãos de segunda classe. A Austrália é quase do tamanho dos Estados Unidos (sem o Alasca), mas tem apenas 20 milhões de habitantes concentrados em sua maioria no litoral. O interior, a ser coberto pela tecnologia Wi-Fi, é praticamente desabitado.

A construção dessa infraestrutura colocaria a Austrália no topo da lista dos países mais conectados, desbancando a Coréia do Sul, que possui 90% de abrangência. Um estudo recente, publicado pelo jornal britânico 'The Guardian', mostra a abrangência do acesso à internet ao redor do mundo. O estudo ganhou destaque porque, ao contrário do que se poderia esperar, os Estados Unidos estão num modesto 24º lugar, com 53% de cobertura. O Brasil não aparece no estudo, mas outras fontes, como o site do 'The Economist', indicam em nosso país uma penetração de meros 2,7%.