Rússia sedia primeiro campeonato mundial de xadrez entre computadores

Agência EFE

MOSCOU - As supermáquinas Deep Junior e Deep Fritz disputam, a partir desta quarta-feira, o primeiro campeonato mundial oficial da história do xadrez entre computadores, com um prêmio de US$ 60 mil para o vencedor e US$ 40 mil para o perdedor. O torneio, que contemplará o computador que se sair melhor em seis partidas, é disputado em Elista, capital da república russa da Calmúquia, cujo presidente, Kirsan Ilyumzhinov, também dirige a Federação Internacional de Xadrez (Fide).

Cada partida da Copa do Presidente, ou Ultimate Computer Chess Challenge, como é conhecido o torneio, durará 75 minutos, com cinco segundos para cada movimento, e um tiebreaker em caso de empate. O Deep Junior, campeão entre as máquinas na Olimpíada de Xadrez disputada no ano passado em Turim, começará com as peças brancas, e é considerado pelos especialistas o favorito na disputa.

Já o Deep Fritz derrotou em dezembro de 2006 por 4 a 2 o atual campeão mundial de xadrez, o russo Vladimir Kramnik, duelo que também premiou o melhor das seis partidas em Bonn, antiga capital alemã. O primeiro duelo entre o homem e a máquina ocorreu em 1997, quando o agora aposentado Gary Kasparov enfrentou o computador Deep Blue, que venceu por 3,5 pontos a 2,5.