China cria seu primeiro traje para passeios espaciais

Agência EFE

CHINA - O primeiro traje a ser usado pelos astronautas chineses em seus futuros passeios espaciais suporta temperaturas de 200 graus centígrados, fornece alimentos, água e oxigênio durante sete horas e é propulsado por uma pequena hélice.

Segundo informa nesta sexta-feira o jornal "Beijing Science and Technology Daily", estão sendo confeccionados os primeiros 300 metros quadrados do material que será usado para vestir os astronautas chineses em 2008.

- A superfície do material, confeccionado com um tecido sintético avançado, apresenta características como uma alta resistência ao fogo e à radiação, que cumpre os requisitos para os passeios espaciais - disse Pang Zhihao, especialista chinês.

O material sintético protegerá os astronautas das extremas temperaturas que terão que suportar em seus passeios, com 200 graus centígrados no lado exposto ao sol e baixíssimas temperaturas do outro, explicou Pang.

O traje protegerá também dos ferimentos que possam ser causados pelo atrito ou pelo choque com micrometeoritos.

- Haverá grandes diferenças entre os trajes da Shenzhou VII e os anteriores - disse o cientista, ao comparar a futura missão com os dois vôos espaciais tripulados realizados pela China, em 2003 e 2005.

O próximo vôo espacial tripulado chinês será na nave Shenzhou VII, no próximo ano, com três astronautas.

O traje espacial lembra uma pequena aeronave, com uma hélice que permite aos astronautas se movimentar com liberdade no espaço.

A roupa fornece de forma automática alimentos e oxigênio durante sete horas. Tem ainda um tanque com 1,9 litro de água, e conta com um sistema de drenagem para evacuar o dióxido de carbono.