Mandíbula de dinossauro é descoberta ao lado de estrada na França

Agência EFE

PARIS - Uma equipe de pesquisadores franceses descobriu a mandíbula de um dinossauro herbívoro do período cretácio superior, junto à estrada A7, perto da cidade de Vitrolles, no sudeste da França. O jornal 'La Provence', de Marselha, revelou hoje a descoberta paleontológica, de idade de entre 83 e 65 milhões de anos, em escavações dirigidas pela pesquisadora Monique Vianey-Liaud, da Universidade de Montpellier.

A mandíbula do dinossauro, que, segundo os elementos disponíveis, tinha 4,5 metros de comprimento e dois metros de altura, estava em uma pedreira na qual os cientistas trabalhavam desde o dia 10, após oito anos para cumprir todos os trâmites administrativos e conseguir o financiamento necessário. A equipe que realiza as escavações, na qual está Géraldine García - um dos descobridores no Chade do crânio de Toumai, o resto humano mais antigo do mundo -, prevê seis meses de escavações até descobrir todos os ossos do dinossauro.