Descobertos no Egito artefatos e blocos decorados do templo do faraó Nectanebo

Missão egípcio-alemã descobriu diversos blocos de basalto decorados e partes da fachada do templo do faraó Nectanebo I (380 a.C. – 363 a.C.) no sítio arqueológico de Matariya, no Cairo

Foto: Ahmed Amin
Credit...Foto: Ahmed Amin

Os blocos e fragmentos faziam parte da fachada oeste e norte do templo. A missão também conseguiu encontrar uma extensão do templo do lado norte.

Os artefatos encontrados são decorados com baixos-relevos. Vários dos blocos exibem informações geográficas. Uma das cenas retrata uma procissão associada a uma das províncias, Heliópolis, enquanto diversas inscrições se referem a outras províncias do Baixo Egito.

 

 

[Missão arqueológica egípcio-alemã descobriu durante trabalhos na área de Al-Matareya muitos blocos de basalto que representam parte das fachadas ocidental e norte do templo do rei Nectanebo I (380-363 a.C.)]

 

Ayman Ashmawy, chefe do Setor de Antiguidades Egípcias no Conselho Supremo de Antiguidades, disse em comunicado citado pelo portal Egypt Today que as inscrições nas pedras mencionam os anos 13 e 14 do reinado de Nectanebo (366 a.C.-365 a.C.). As dimensões e materiais utilizados neste templo remontam à mesma época.

Dietrich Rau, chefe da missão egípcio-alemã, observou que foram encontrados alguns fragmentos de uma estátua de Ramsés II, uma parte de uma estátua de babuíno, um pedestal e fragmentos de um obelisco de quartzito do rei Osorkon I (925 a.C. – 890 a.C.), bem como partes de instalações de culto, como uma mesa de oferendas de Tutmés III, dos anos 1479 a.C. -1425 a.C. (com agência Sputnik Brasil)



Missão egípcio-alemã descobriu diversos blocos de basalto decorados e partes da fachada do templo do faraó Nectanebo I (380 a.C. – 363 a.C.) no sítio arqueológico de Matariya, no Cairo.
Templo de Esna, Egito


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais