Desirré Oliveira é coroada rainha do Cordão da Bola Preta 

Quando foi anunciada e subiu ao palco para receber faixa e coroa que simbolizariam sua coroação como rainha do Carnaval do Cordão da Bola Preta, mais antigo e tradicional bloco de rua do Rio de Janeiro, a atriz Desirré Oliveira não segurou as lágrimas apenas pela honraria. 

A Mulata Difícil do Zorra Total realizou também um antigo desejo de um tio já falecido (há cerca de dois anos), que sempre sonhou em ver a sobrinha representando o bloco de rua que foi a sua paixão.

"Eu vinha nas matinês do Bola Preta e esse meu tio, o Zezinho Pereira, como ele era conhecido, sempre teve o sonho de me ver coroada rainha. Tenho certeza que ele deve estar vibrando com isso agora. É uma homenagem para ele", disse Desirré, em entrevista exclusiva ao Terra no baile que marcou a sua coroação, na sede do CBP, no Centro do Rio.

"Outra coincidência também eu descobri há poucos dias. O primeiro presidente do Bola Preta se chamava Gomes de Oliveira, justamente os meus dois sobrenomes. Eu sou da família do Bola Preta e não sabia. Estou no DNA", completou a atriz, que agora fará companhia à sua colega de profissão Leandra Leal, no posto fixo de porta-estandarte, e á cantora Maria Rita, madrinha do CBP. A Mulata Difícil ainda se tornou a primeira atriz a ser rainha do Cordão, fato inédito até então na história da agremiação.

Além do posto de rainha no bloco de rua que atrai o maior número de foliões no tradicional desfile pela avenida Rio Branco - foram dois milhões no ano passado -, Desirré também estará na Sapucaí. Ela representará Gabriela, de Cravo e Canela, de Jorge Amado, no enredo da Imperatriz Leopoldinense.

"Eu estou no Carnaval de cabeça, dentro do espetáculo e fazendo o que eu mais gosto, que é encenar. E ainda por cima uma personagem tão importante. Estou no popular, que é na rua, e também no tradicional, dentro da Sapucaí. Me sinto privilegiada", afirmou.

Há quase dez anos ocupando um posto fixo no quadro Zorra Total, da TV Globo, a atriz comemora o seu momento em que "não posso reclamar de nada, estou feliz, bem casada, feliz com o meu trabalho". E traça o seu grande objetivo do ano após os festejos de Carnaval: "quero realizar o sonho de ser mãe. É só um filho que falta para me completar".