Spray de espuma pode causar graves danos aos olhos

Especialista alerta e pede atenção redobrada durante o período de folia

Atenção redobrada com a saúde visual neste carnaval. É o que recomenda o vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e consultor do Instituto Varilux da Visão, Dr. Marcus Sáfady. Segundo ele, os danos causados pela famosa espuma branca, muito utilizada por crianças e adolescentes durante os quatro dias de folia, podem ser fatais, levando até mesmo, nos casos mais graves, a lesões oculares que podem comprometer a visão.

“Nesse período são comuns os casos de acidentes oculares, lesões e reações alérgicas”, alerta o médico.

De acordo com Sáfady, há muito pouco conhecimento das pessoas a respeito dos riscos que esse produto pode causar. E pior, há total desconhecimento quanto às medidas a serem tomadas no caso de lesões e irritações.

“A primeira providência é lavar os olhos com água corrente. Porém, se após a lavagem ainda houver dor ou sensação de areia nos olhos ou ainda uma piora da visão, é imprescindível procurar a ajuda de um    oftalmologista para que não haja nenhum dano mais grave”, finaliza.

Este alerta vem tanto dos oftalmologistas quanto da vigilância sanitária e das autoridades públicas, que proibiram a venda do spray. A Câmara de Vereadores conseguiu, por meio de um projeto de lei, vetar a comercialização do produto alegando possíveis danos à saúde como alergias, irritações na pele e nos olhos. Fiscais da vigilância sanitária e agentes da polícia civil e militar apreenderam cera de 3,7 mil latas de spray no Saara e também no Mercadão de Madureira.