Segurança será reforçada no Carnaval de São Paulo

SÃO PAULO - Os arredores do sambódromo do Anhembi, em São Paulo, receberão uma força extra na segurança do Carnaval, para garantir a proteção dos foliões, participantes do desfile e pessoas que trabalharão no evento. Ao todo, serão 1.571 guardas em operação durante as festividades.

Nas outras regiões da cidade, uma equipe de 322 GCMs (Guardas Civis Municipais) fará a segurança dos famosos carnavais de bairro, espalhados por todas as regiões da cidade. Nestes locais, estarão disponíveis dez bases comunitárias móveis e 70 viaturas para apoio.

Entre as principais ações previstas está o combate ao comércio ilegal nos 29 pontos de bloqueio e imediações do sambódromo, além da proteção do patrimônio e dos agentes públicos que trabalharão na festa.

O trabalho dos GCMs incluirá ainda o apoio à SPTrans, na fiscalização de veículos clandestinos usados por taxistas.  Os turistas estrangeiros que forem aproveitar o Carnaval paulista poderão contar com guardas civis municipais capacitados, aptos para atendimento em inglês e espanhol.