Polícia portuguesa fica atenta a conflitos com brasileiros

Portal Terra

LISBOA - A Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Guarda Nacional Republicana (GNR) de Portugal, autoridades responsáveis pela segurança no país, irão reforçar a vigilância para evitar possíveis confrontos entre os portugueses e brasileiros nesta sexta-feira, por causa do duelo entre as seleções na Copa do Mundo.

Carla Duarte, porta-voz da PSP de Lisboa, disse que não está montada uma verdadeira operação policial, mas há indicação para as patrulhas estarem atentas aos locais mais frequentados pelos torcedores, informou o jornal Diário de Notícias.

A GNR procurou se inteirar se o relacionamento entre os fãs dos dois países é pacífico ou se existe algum tipo de provocação em certas regiões, como na Costa de Caparica, mais ao sul, ponto onde reside grande parte da comunidade brasileira.

Locais que terão telões para a transmissão do duelo também terão uma atenção maior. O cônsul honorário do Brasil no Algarve, o empresário português Reinaldo Teixeira, lembrou das boas relações entre Brasil e Portugal e pediu aos imigrantes brasileiros que não cometam excessos nas comemorações de uma possível vitória, da mesma forma que devem respeitar os portugueses em caso de triunfo luso.