Kahn critica formação de goleiros na Alemanha e na Inglaterra

Portal Terra

JOHANNESBURGO - Melhor goleiro da Copa do Mundo de 2002, o alemão Oliver Kahn criticou a falta de goleiros jovens em países como Alemanha e Inglaterra. Em evento patrocinado pela Adidas, nesta sexta-feira, em Johannesburgo, o ex-jogador lamentou que equipes grandes, como Bayern de Munique e Manchester United, deem preferência a goleiros estrangeiros.

"Clubes como Bayern e Manchester utilizam muitos goleiros estrangeiros", reclamou Kahn, que aponta este como o principal fator para o não surgimento de jogadores para a posição.

No entanto, o ex-titular do gol alemão elogiou o jovem Neuer, dono da camisa 1 do time de Joachim Löw. "Tem muita personalidade. Já passou por experiências boas e ruins e por isso tem todas as chances de fazer uma boa Copa", disse.

Kahn também falou sobre o confronto entre Alemanha e Inglaterra, pelas oitavas de final do Mundial. O ex-goleiro ressaltou a experiência dos ingleses, mas não quis dar palpites sobre a partida. "Para saber o resultado, teremos que ver o jogo", disse.