Globo evita falar sobre polêmica e até elogia Dunga em transmissão

Portal Terra

DA REDAÇÃO - A Rede Globo adotou nesta sexta-feira uma postura cautelosa e ignorou a polêmica com o técnico Dunga durante a transmissão do empate sem gols entre a Seleção Brasileira e Portugal, em Durban.

Após a vitória sobre a Costa do Marfim, no último domingo, o treinador entrou em rota de colisão com a emissora ao interromper a entrevista coletiva e perguntar se havia um problema ao repórter Alex Escobar, que falava naquele momento no celular.

Depois, pronunciou alguns xingamentos que vazaram no áudio da sala de imprensa. No mesmo dia, Tadeu Schmidt - que era o interlocutor de Escobar no celular na ocasião - foi ao ar para manifestar repúdio à atitude de Dunga. Entre outras coisas, o apresentador do Fantástico disse que o comportamento do técnico "não é compatível" com o cargo ocupado por ele.

Um dia antes do jogo contra Portugal, Dunga pediu desculpas pelo comportamento ao "torcedor brasileiro", mas não citou em momento algum Escobar e a emissora.

No duelo contra Portugal, a emissora não mencionou a confusão. O locutor Galvão Bueno chegou a elogiar o técnico ao decidir substituir Felipe Melo, logo após receber o cartão amarelo.

Nos comentários, Júnior, Casagrande e Falcão só reclamaram diretamente pelo técnico ter demorado por substituir Júlio Baptista. Em seguida, Galvão pediu para "mudar de tecla" e amenizou as críticas.