'Azarão', Honduras abandona chances e promete jogar por honra

Portal Terra

JOH - O técnico da seleção hondurenha, Reinaldo Rueda, disse que a equipe irá lutar pela sua honra e dignidade nesta sexta-feira, diante da Suíça, pela última rodada do Grupo H da Copa do Mundo.

Apesar da remota possibilidade de classificação - precisa torcer para o Chile vencer a Espanha e ganhar dos suíços por pelo menos três gols de diferença -, Rueda quer mesmo uma apresentação melhor do que as duas partidas realizadas até agora.

"Nós gostaríamos de marcar três vezes, mas também dependemos do resultado de Chile e Espanha. Eu acho que essa é a partida de honra, para a nossa dignidade. Nós queremos vir aqui e jogar melhor. Nós não fomos muito bem até agora", disse ao site da Fifa.

O treinador lamentou o mau início na competição, afirmando que se encontram em uma situação "dolorosa e que nós estamos tristes". "Nós não encontramos a nossa forma no Mundial. Não jogamos em alto nível", acrescentou Rueda.