Mexicanos exaltam "vontade" de vingança contra a Argentina

Portal Terra

JOH - Em uma partida de tanta importância como contra a Argentina, aos jogadores da seleção mexicana não falta vontade de derrotar os rivais albicelestes, de acordo com o meia Efraín Juárez. O jogador do México afirma que à seleção nunca faltou esta atitude de enfrentar os rivais. As duas seleções se enfrentaram em 2006, quando o México foi eliminado na prorrogação, após derrota por 2 a 1.

"Sabemos o que jogamos, a importância desta partida e isso (vontade) nunca deve faltar e nunca faltou, porque esta seleção se caracteriza por disputar de igual para igual todas as partidas, apesar de que algumas coisas podem não sair bem nos aspectos tático e técnico. Esta seleção põe a vida em campo", disse.

Juárez confirmou também que os mexicanos estão prontos para enfrentar a Argentina no aspecto mental, já que sabem que o rival é uma grande equipe, difícil de se bater. "O aspecto mental é sempre importante, não apenas neste domingo. Neste Mundial, precisamos não só atuar bem em campo, mas também ter equilíbrio fora dele", afirmou o meia.

Por fim, o jogador afirmou que os argentinos são favoritos nas oitavas de final, apesar do México também ter chances. "No futebol, não há isso de favoritos tão claramente. Eles (argentinos) fizeram uma primeira fase muito boa e por isso são apontados como favoritos, mas estamos focados em fazer um bom trabalho e sair com a vitória", explicou Juárez.