Eliminados, nigerianos oferecem contrato de 4 anos a técnico

Portal Terra

JOHANNESBURGO - A eliminação logo na primeira fase da Copa do Mundo não acabou com o prestígio do técnico Lars Lagerback na Nigéria. Nesta quinta-feira, a Federação Nigeriana de Futebol confirmou o desejo de renovar o contrato do treinador sueco por mais quatro anos. As informações são do jornal sul-africano Times Live.

De acordo com a publicação, um dirigente nigeriano confirmou que a entidade está "satisfeita" com o trabalho de Lagerback e pediu a renovação por mais quatro anos, para se preparar para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Ainda segundo o cartola, uma conversa entre o treinador e sua mulher era o empecilho para a renovação.

Lagerback assumiu a Nigéria logo após a participação na Copa Africana de Nações e tem os salários estipulados em US$ 300 mil (R$ 534 mil). A Federação Nigeriana oferecerá uma redução, já que não conseguiria bancar a quantia pelos próximos quatro anos.