Confiante, imprensa inglesa alfineta: "tragam os alemães"

Portal Terra

JOHANNESBURGO - Depois das dificuldades encontradas pela Inglaterra para avançar no Grupo C da Copa do Mundo, a imprensa do país se mostrou confiante. Embora o rival das oitavas de final seja a tradicional Alemanha, diários como o Times e o Sun não têm medo e provocaram nesta quinta-feira: "tragam os alemães".

O clássico que já definiu o Mundial de 1966 e foi disputado na semifinal de 1990 acabou antecipado na África do Sul por culpa da própria Inglaterra, que fez menos gols e o mesmo número de pontos dos Estados Unidos, perdendo a chance de ocupar a ponta de sua chave.

Em um clima de final antecipada, o Sun chamou os alemães de "velhos inimigos" em sua versão digital, utilizando como chamada principal praticamente a mesma escolhida pelo Times: "tragam os alemães", ou "tragam a Alemanha", no caso do jornal mais tradicional. A esperada partida acontece no próximo domingo, às 11h (de Brasília), em Bloemfontein.

"A Inglaterra deveria ter marcado mais gols já que dominou uma pobre Eslovênia quase do início ao final (da partida)", completou o tabloide, em referência à vitória por 1 a 0 obtida na quarta-feira.

Outro diário inglês, o Daily Mirror, preferiu brincar com o técnico Fabio Capello, que depois da última partida admitiu ter permitido que os jogadores tomassem cerveja para "relaxar" na terça-feira. Assim, em vez de utilizar a tradicional expressão "here we go" ("aqui vamos nós"), cravou: "beer (cerveja) we go".

Mais conservador, o Guardian separou a manchete esportiva de sua capa desta quinta em duas. "A boa notícia: a Inglaterra avançou; a má notícia: a Alemanha é a próxima (adversária)", publicou. Abaixo, estampou ainda uma foto grande de Jermain Defoe, autor do gol contra a Eslovênia, abraçado a James Milner, responsável pelo cruzamento para o atacante do Tottenham marcar.