Grécia encara Nigéria contra eliminação e recorde negativo

Portal Terra

JOH - Derrotadas na partida de estreia, Grécia e Nigéria entram em campo nesta quinta-feira, às 11h (de Brasília), em Bloemfontein, para lutar contra a eliminação precoce. Os gregos terão ainda o estímulo extra de brigar contra um retrospecto negativo em sua história: a Grécia pode bater o recorde da Bolívia e se tornar a equipe que passou mais tempo sem marcar um único gol em Mundiais.

Os bolivianos jogaram seis jogos entre as Copas de 1930, 1950 e 1994 e passaram os cinco primeiros duelos sem marcar nenhum tento, o que só aconteceu no sexto embate, nos Estados Unidos, contra a Espanha (derrota por 3 1). Se os gregos atravessarem mais 90min sem gols contra os nigerianos, igualam a marca negativa da Bolívia e entram para a história do Mundial de uma forma negativa para uma equipe que foi campeã europeia há seis anos atrás (em 2004).

Vale ressaltar que, das 78 seleções que entraram em campo em todas as 19 edições da Copa do Mundo (contando com a de 2010), apenas cinco equipes nunca marcaram gols. Além da Grécia, Indonésia (1 jogo, 1938), Zaire (3 jogos, 1974), Trinidad e Tobago (3 jogos, 2006), China (3 jogos, 2002) e Canadá (3 jogos, 1986) passaram em branco.

Já a Nigéria tem excelentes estatísticas a seu favor no confronto desta quinta. Tudo porque a equipe é, historicamente, a seleção africana que tem melhor aproveitamento contra europeus. São oito jogos, quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota. A única equipe do continente africano que tem retrospecto positivo, além dos nigerianos, é Senegal, que na Copa de 2002 triunfou em dois jogos, empatou um e perdeu outro para times da Europa.

Gregos e nigerianos reeditam o confronto do Mundial de 1994, quando a Nigéria venceu por 2 a 0. Naquela ocasião, os africanos surpreenderam e se classificaram no primeiro lugar de uma chave que tinha ainda a Argentina, de Maradona, e a Bulgária, de Stoichkov, que acabou como quarta colocada.

Uma curiosidade é que, dos 23 convocados da Grécia, 14 atuam no futebol grego, distribuídos em quatro clubes: PAOK, Panathinaikos, Olympiakos e Aris Thessaloniki. Já na seleção nigeriana nenhum atleta atua no país ou sequer no continente africano. Todos os convocados, sem exceção, atuam em nações que disputam as Eliminatórias Europeias.

O confronto entre Nigéria e Grécia é válido pelo Grupo B do Mundial, que conta ainda com Argentina e Coreia do Sul. Essas duas equipes possuem três pontos ganhos e se enfrentam também nesta terça, às 8h30, em Johannesburgo. Quem vencer, já está praticamente classificado às oitavas de final da Copa do Mundo de 2010.