Shopping sul-africano proibe vuvuzelas

Portal Terra

JOHANNESBURGO - A Fifa anunciou que não irá banir as vuvuzelas dos estádios da Copa do Mundo, apesar das muitas reclamações por causa do barulho do estridente instrumento. Um shopping na cidade de Durban, no entanto, não seguiu o pensamento da entidade e proibiu as cornetas no estabelecimento.

A medida no shopping Gateway é consequência de queixas dos lojistas e visitantes na última sexta-feira, data da abertura do Mundial da África do Sul. O gerente do local, Adrian Raw, disse que o característico som das vuvuzelas estava prejudicando as compras do público, informou o jornal The Star.

Relações Públicas do shopping, Zahirah Variawa confirmou que a decisão foi tomada depois do início da competição, afirmando que jovens estavam assoprando suas vuvuzelas nos ouvidos dos mais velhos, as pessoas estavam começando a deixar restaurantes e os lojistas não conseguiam ouvir seus clientes.

Pessoas que desrespeitarem a medida serão expulsas do local e não poderão mais retornar.