Júlio César nem precisou tomar banho, ironiza Maradona

Portal Terra

JOHANNESBURGO - Com a língua afiada, o técnico da Argentina, Diego Maradona, ironizou a vitória da Seleção Brasileira sobre a Coreia do Norte, por 2 a 1, na terça-feira, em Johannesburgo. Questionado sobre o que achou da partida, o treinador afirmou que os brasileiros encontraram tanta tranquilidade que a presença do goleiro Júlio César no duelo foi quase inútil.

Segundo Maradona, o arqueiro brasileiro teve o trabalho facilitado pelo fraco poder ofensivo dos norte-coreanos e nem chegou a suar na partida. O argentino ressaltou ainda que o resultado de 2 a 1 não traduz como será o rendimento da equipe verde e amarela durante a Copa do Mundo.

"Eu digo que o Brasil jogou uma partida tranquila. O Brasil jogará melhor quando precisar. A Coreia do Norte não se inquietou. O Júlio César nem precisou tomar banho (depois do jogo). Mas o Dunga está fazendo um bom trabalho. Brasil é Brasil tem que se respeitar", disse.

Com a vitória, a Seleção Brasileira lidera o Grupo G da competição, com três pontos, contra um de Costa do Marfim e Portugal. Porém, a equipe de Dunga enfrentou na teoria o adversário mais fraco da chave.