Em treino, Maradona homenageia grupo Avós da Praça de Maio

Fábio de Mello Castanho, Portal Terra

PRETÓRIA - Nesta terça-feira aconteceu um fato curioso durante o treino da seleção argentina. Estela de Carlotto, presidente do grupo "Abuelas de La Plaza Mayo", visitou a delegação do país na África do Sul trocou presentes com o técnico Diego Armando Maradona.

As "Avós da Praça de Maio" é uma organização não-governamental que tem como propósito localizar as crianças supostamente seqüestradas durante a era da ditadura na Argentina, entre 1976 e 1983. O objetivo é devolver essas crianças, que nasceram em cativeiros e nunca foram devolvidas, às suas legítimas famílias e evitar que situações como essa ocorram no futuro.

Maradona afirmou que todo o povo argentino está orgulhoso pela luta do movimento e uma bandeira foi estendida nas tribunas com a legenda "Apoiamos as Avós da Praça de Maio para conseguir o Prêmio Nobel da Paz".

A seleção argentina apoia à associação em sua candidatura ao prêmio Nobel da Paz. Estela chegou no sábado à África do Sul para se reunir, entre outras pessoas, com o ex-presidente do país, Nelson Mandela.

A Argentina venceu sua primeira partida no Mundial contra a Nigéria por 1 a 0 e lidera o Grupo B da competição ao lado da Coreia do Sul. O próximo duelo dos sul-americanos é contra a própria seleção asiática, na próxima quinta-feira, às 8h30 (de Brasília).