Polícia detém jornalista por interferir em investigação de roubo

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Um jornalista sul-africano foi preso por interferir na investigação da polícia em um hotel-albergue na cidade de Magaliesburg , onde três jornalistas estrangeiros foram assaltados na madrugada de segunda para terça-feira.

A coronel Charmaine Muller disse ao diário sul-africano Mail & Guardian que o jornalista foi detido por apenas uma hora e recebeu uma advertência, mas não foi formalmente acusado. Ela disse não saber dizer para qual veículo o jornalista trabalhava.

A polícia investiga o crime no qual três jornalistas que cobrem a Copa do Mundo foram assaltados por um bando e tiveram todos seus pertences levados.

Dois profissionais portugueses e um espanhol dormiam por volta das 4h30 (horário local) quando seus quartos foram invadidos. Dois dos jornalistas ficaram imóveis, fingindo dormir, enquanto outro levantou e foi ameaçado com o revólver apontado para sua cabeça.

Calcula-se que 80 kg de material foram roubados, além de roupas, passaporte, computadores, dinheiro e outros objetos pessoais.