Alemanha se mobiliza para recuperar artilheiro em crise

Fabio de Mello Castanho, Portal Terra

PRETÓRIA - Sem a presença de Ballack, a esperança da Alemanha em conquistar a Copa do Mundo da África do Sul passa pelos pés de Miroslav Klose. Com 44 gols pela seleção e dois Mundiais disputados, o jogador, no entanto, vive péssima fase. Fez apenas três gols pelo Bayern de Munique na temporada e há tempos não joga por seu país.

Ciente de que precisa da força ofensiva de Klose para ir bem na Copa, o técnico Joachim Löw admite que o jogador é a sua maior preocupação para o momento. E que ainda acredita que para a estreia, no próximo domingo, contra a Austrália, o artilheiro possa brilhar.

"É claro que ele está melhorando fisicamente. Ontem eu vi um Klose muito agressivo, com bom humor, treinando com muita vontade. Eu acho que ele está conseguindo recuperar a alegria para voltar a jogar bem", disse.

Löw, no entanto, ainda mantém mistério sobre a escalação de Klose no próximo domingo. O treinador diz que quer os dois atacantes de área motivados e treinando forte para corresponderem às expectativas contra a Austrália.

"Klose pode ser útil vindo tanto do banco ou começando a partida. Ele e o Mario Gomez estão treinando muito e tenho que certeza que chegarão preparados para o jogo", completou.