Ministra diz que plano salvou Europa de desastre

SÃfO PAULO, 10 de maio de 2010 - A Europa escapou de um "desastre", disse nesta segunda-feira a ministra francesa da Economia, Christine Lagarde, ao chamar de "giro histórico" o plano europeu para socorrer os Estados da Eurozona com problemas fiscais.

"Todos os dirigentes públicos, inclusive eu, tínhamos em mente o medo de um desastre, se não chegássemos a um acordo rapidamente (...) Todos os sintomas que precederam a crise do outono de 2008, logo antes da quebra do Lehman Brothers, estavam reaparecendo, e isto é inegável", destacou Lagarde em entrevista ao jornal Les Echos, que será publicada na quarta-feira.

Após uma semana de grandes perdas nas Bolsas mundiais, devido ao medo de contágio da crise grega, os ministros das Finanças da UE acertaram na madrugada desta segunda-feira um inédito plano de socorro de â,¬ 750 bilhões, com a participação do Fundo Monetário Internacional (FMI), para ajudar os países da Eurozona em apuros.

"Não é apenas um dispositivo (...) de emergência. Existe a determinação (...) de reinventar o modelo europeu. Devemos encontrar as normas que no futuro nos preservem de crises semelhantes", concluiu Lagarde.

(Redação com AFP - Agência IN)