Equipe Victory faz dobradinha na última corrida do GP Brasil Class 1

JB Online

RIO - Aconteceu neste domingo, na Baía de Guanabara, a segunda e última corrida do GP Brasil Class 1 de Motonáutica. Inédito na América do Sul, o Grande Prêmio de abertura da temporada de 2010 teve a equipe favorita, a Victory, dominando os melhores tempos. O barco Fazza 3, grande campeão da temporada passada, ficou em primeiro lugar, seguido pelo Fazza 1, também da equipe dos Emirados Árabes.O barco Dueme Foresti Suardi, que chegou a ficar em segundo lugar durante um período da corrida, completou o pódio.

Em quarto lugar ficou o barco Abu Dhabi. Cruzaram a linha de chegada depois o Scam 88 e o Welmax Alianza. Já o Welmax 90, com problemas técnicos, não completou a prova

O secretário geral da IOTA, entidade que organiza a competição, Marco Sala afirmou ter ficado bastante satisfeito com o retorno da realização do evento no Brasil:

A estrutura foi de alto nível, não ficou devendo em nada para os outros países. O público compareceu neste domingo e isso mostra que o esporte está se popularizando. O Rio é uma cidade linda e no que depender da gente continuará a ser sede pelos próximos dez anos".

Responsável por trazer a Class One para o Rio, o empresário Eike Batista garantiu que no ano que vem a Cidade Maravilhosa receberá novamente um GP e mais, promete dar ao carioca uma equipe para torcer. Segundo o milionário, no ano que vem o Brasil terá um barco na competição patrocinado por ele próprio. É esperar para ver, e torcer.