Vitória supera Barueri e interrompe série de cinco derrotas

Portal Terra

REDAÇÃO - Demorou um mês, mas o torcedor do Vitória voltou a vibrar com seu time. Neste domingo, o time rubro-negro derrotou o Barueri por 2 a 1, no Barradão, e interrompeu uma série de cinco derrotas consecutivas pelo Campeonato Brasileiro - a última havia sido contra o Náutico, por 3 a 1, no dia 18 de outubro, em casa. Nesse período negativo, a equipe baiana também não marcou um gol sequer.

Com o triunfo, o Vitória chegou aos 47 pontos e sustentou a 13ª colocação. Apesar da derrota, o Barueri manteve a 11ª colocação, com 49 tentos. Ambos os times dependem de suas próprias forças para conquistarem suas vagas na Copa Sul-Americana.

As equipes retornam a campo no próximo domingo, às 17 horas (horário de Brasília). O Vitória segue em Salvador e receberá o desesperado Fluminense, que ainda briga para evitar o rebaixamento à Série B. Por outro lado, o Barueri vai a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, melhor mandante do Campeonato Brasileiro.

O jogo

Precisando da vitória para afastar o perigo do rebaixamento, o Vitória começou pressionando o Barueri. Apostando nas jogadas de velocidade do atacante Neto Berola, os donos da casa criaram problemas para o trio de zaga da Abelha, formado por Xandão, André Luís e Daniel Marques.

Contudo, a primeira chance ocorreu por parte do Barueri. Aos 13 minutos, Val Baiano arriscou do meio-campo e por muito pouco não surpreendeu o goleiro Viáfara. Apesar da oportunidade, os paulistas seguiam recuados e levaram um susto aos 36, quando o Vitória iniciou uma pressão contra o gol de Renê.

Leandro Domingues arriscou de fora da área e carimbou a trave direita de Renê. Poucos instantes depois, Neto Berola fez boa jogada individual e chutou com perigo à meta do Barueri. Apesar de tanta pressão, os mandantes abriram o placar somente no segundo tempo.

Logo a um minuto, Fábio Ferreira levantou para a área e Leandro Domingues, de pé direito, balançou as redes. O meio-campista antecipou a zaga do Barueri e abriu o marcador.

O tento de Leandro Domingues animou o Vitória, que ampliou aos dez minutos. Depois de cruzamento da direita do lateral Nino, Roger subiu mais alto que a defesa rival e marcou o segundo para os baianos. Enquanto o primeiro tento animou o rubro-negro, o segundo trouxe tranquilidade para a equipe de Vágner Mancini.

Por outro lado, o Barueri externou o nervosismo e ficou com um jogador a menos aos 16 minutos. O atacante Otacílio Neto, que entrou no intervalo no lugar de Flavinho, desferiu uma cotovelada no meio-campista Bida e enterrou qualquer chance de reação dos paulistas. Entretanto, a estrela do artilheiro Val Baiano brilhou mais uma vez. Aos 46, o centroavante diminuiu o marcador e anotou o seu 16ª gol no Brasileiro.